Saiba como o cenário atual está mudando o futuro do trabalho

Em um momento desafiador como o que vivemos, reinventar-se é preciso. As mudanças devido à pandemia vieram para ficar e terão impacto direto no futuro do trabalho. Nada mais será como antes, pode ter certeza!
Entre as transformações observadas nesse cenário complexo estão o crescimento do home office, a ampliação do uso de tecnologias, atendimentos a distância e capacitação de forma virtual, só para citar algumas.
Além de entender que mudanças estão acontecendo e permanecerão nos próximos anos, é essencial saber como se adaptar a esse novo mundo, não é mesmo? Fique tranquilo que vamos mostrar. Saiba como o contexto atual está alterando o futuro do trabalho e de que maneira acompanhar as novas tendências!

AUMENTO DO HOME OFFICE

Com a pandemia da COVID-19, as empresas tiveram que ajustar seus processos e recorrer a um modelo que ainda não era forte, principalmente no Brasil: o home office.
Mesmo quando a necessidade de manter o distanciamento social for reduzida, é provável que o trabalho remoto continue sendo uma opção para o profissional do futuro, dependendo, é claro, da natureza da sua atuação.
Em relação à produtividade, uma das principais vantagens é que as pessoas ganham um tempo precioso por não terem mais que se deslocar de casa para o trabalho e vice-versa.
A melhoria da qualidade de vida é outro ponto a favor: sem o estresse do deslocamento e com a possibilidade de acordar mais tarde e estar liberado mais cedo, os profissionais podem aproveitar essas horas valiosas para descansar ou curtir a família.
Por outro lado, o advento do home office traz a necessidade de mais organização e disciplina para que a rotina de casa não prejudique o trabalho e, ainda, o investimento em uma estrutura física adequada para executar as atividades profissionais no conforto do lar.

AMPLIAÇÃO DO USO DE TECNOLOGIAS

Além do crescimento do home office, o distanciamento social também trouxe outra mudança que veio para ficar: a ampliação do uso de tecnologias. Chamadas em vídeo para conversar com a família, amigos e colegas de trabalho, assim como reuniões profissionais e de estudos por aplicativos, como Skype, Zoom e Meet, se tornaram parte da rotina.
Tais mudanças exigem, além de uma nova maneira de interagir com outras pessoas, a compra ou o upgrade das ferramentas necessárias para essas formas de comunicação, como celular, computador e tablet.
Para estar em dia com as novas tecnologias, é essencial que os profissionais se atualizem e busquem descobrir meios de inserir essas ferramentas de comunicação mais recentes no seu dia a dia, seja no trabalho, nos estudos, seja nas interações pessoais.
Em determinados casos, pode ser necessário fazer um investimento para melhorar os recursos disponíveis para, assim, adaptar-se às interações virtuais que, sem dúvidas, farão parte do futuro do trabalho e já são determinantes na evolução da carreira profissional.

ATENDIMENTOS A DISTÂNCIA

Outra mudança que a pandemia do novo coronavírus trouxe para o mundo corporativo é a oferta de atendimentos remotos. De professores de ioga e astrólogos a profissionais da área de saúde, como médicos e terapeutas, os mais diversos segmentos se adequaram para que consultas e sessões pudessem ser realizadas mesmo sem contato físico.
Seja por meio de chamadas de vídeo ou por telefone, as pessoas não precisaram esperar a pandemia ter fim para conseguirem seus atendimentos. Mesmo atividades que, há alguns meses, eram essencialmente presenciais, como aulas em academias e estúdios, têm tido continuidade com o apoio da Internet.
Ainda em um cenário de retomada pós-COVID, é provável que os atendimentos a distância continuem, mesmo que em menor escala. Afinal, esse modo de interação se revelou uma alternativa interessante para pessoas que moram fora dos grandes centros e/ou não querem perder tempo com deslocamentos.
Para médicos, terapeutas e nutricionistas, por exemplo, os atendimentos a distância não só possibilitaram que continuassem atendendo no período de distanciamento social, como até que ampliassem sua carteira de clientes por contarem com mais tempo disponível.

CAPACITAÇÃO DE FORMA VIRTUAL

Com a suspensão das aulas presenciais, os estudos passaram a ser totalmente virtuais, tanto para escolas e universidades quanto cursos livres e de extensão. Nesse contexto, além da questão ferramental, ou seja, a necessidade de ter equipamentos para acompanhar as aulas, há ainda a questão comportamental.
Para aproveitar ao máximo a capacitação de modo virtual, é necessário não só ter os recursos necessários para esse tipo de interação, como também desenvolver algumas competências e habilidades para se sair bem nesse novo normal, como criar e manter uma rotina de estudos em casa.
Nesse sentido, quem já tem alguma experiência com ensino a distância sai na frente, mas isso não impede quem nunca assistiu a aulas online de se adaptar a tal cenário, buscando formas de usar a tecnologia a seu favor.
E mesmo que não esteja fazendo nenhuma capacitação virtual no momento, é importante se alinhar com essa nova tendência desde já. Afinal, ainda com o fim da pandemia, a expectativa é que o ensino presencial e a distância conquistem praticamente o mesmo peso.
O futuro do trabalho já começou. Com a pandemia do coronavírus, a realidade das empresas alterou-se sem aviso. Com isso, ter flexibilidade para ajustar modelos de trabalho foi um aspecto inegociável.
Nessa situação, é essencial que o profissional também assuma um papel proativo, coloque a mão na massa e não só acompanhe as tendências, como também se adapte a elas o mais rápido possível, adquirindo novas competências e habilidades.
Aumento do home office, uso cada vez mais intenso de tecnologias, atendimentos remotos e capacitação virtual são práticas que vieram para ficar e vão integrar o futuro do trabalho. Então, faça sua parte para se inserir nesse cenário atual com tranquilidade e conquistar o sucesso na carreira.
Gostou deste post sobre o futuro do trabalho? Então assine nossa newsletter e receba em primeira mão outros conteúdos como este!