Você está aqui

Notícia

< Voltar

Notícia < Voltar

Campus: 
Tijuca
Barra
Cabo Frio

Professor da UVA participa de pesquisa internacional

Juliana Machado, estagiária da Comunicação Institucional   |    Tijuca Barra Cabo Frio

Investigação registrou aumento no estoque de espécie de peixe ameaçada de extinção

 

O professor de Engenharia Ambiental da Universidade Veiga de Almeida (UVA), campus Cabo Frio, Eduardo Pimenta, foi um dos integrantes da pesquisa sobre os estoques da espécie de peixe marlim-branco no oceano Atlântico. Contando com apoio científico nacional e internacional, os pesquisadores realizaram uma análise a partir da coleta de dados feita pelo docente e outros cientistas.

 

A investigação faz parte de algumas das tarefas acadêmico-científicas promovidas por Pimenta, através do GEPesca, grupo de pesquisa coordenado por ele e apoiado pela UVA. Atualmente, o professor possui um assento na Comissão Internacional para a Conservação do Atum Atlântico (ICCAT) e realiza levantamentos sobre a captura incidental de espécies ameaçadas por causa da pesca de atum.

 

Para realizar a pesquisa, foram usados dados estatísticos gerados a partir de registros de torneios de pescas dos principais iates clubes de pesca esportiva oceânica do Brasil, incluindo 386 dias de competições, de 1996 a 2017. Os pesquisadores notaram um aumento no estoque de marlim-branco, levando em consideração a abundância relativa local estimada para esta espécie.

 

Com base nesses estudos são feitas propostas para a adoção de medidas de conservação necessárias para a manutenção dos estoques das espécies em níveis compatíveis com o rendimento máximo sustentável.

 

Para Eduardo Pimenta, a pesquisa possibilita a representação da UVA no ambiente científico, promovendo a sustentabilidade. “É de muita importância a prestação de serviços para o país, gerando resultados como o índice de recuperação dos estoques, o que nos deixa ainda mais cativados a continuar”, ressalta.

 

 

24/jul/2020

Tema:
UVA,