Enem 2020: como se organizar para o dia da prova

O Enem 2020 passou por algumas mudanças devido à pandemia. Com as medidas de distanciamento social e de prevenção contra a disseminação do vírus, as provas foram adiadas para o fim de janeiro de 2021, nos dias 17 e 24. Antes dessa alteração, outra novidade já era prevista: a versão digital do exame.
Planejado para os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, o Enem Digital vai ser feito pela internet, porém, nos locais indicados pelo Inep – e não de casa, como muitos estudantes imaginavam. Para quem escolheu essa versão, é bom lembrar que a redação continua sendo feita à mão.
Todas essas mudanças contribuem para aumentar a ansiedade dos mais de 5,8 milhões de candidatos, que precisam esperar um pouco mais para realizar a prova. Se esse é o seu caso, temos uma boa notícia: separamos dicas excelentes para se organizar e ter bastante proveito no Enem 2020. Confira!

CONFIRA SEU LOCAL DE PROVA

Essa é uma informação que você encontra no site do Inep. Em geral, ela é liberada um mês antes da data do Enem. Para evitar qualquer problema, o ideal é checar esse portal com frequência, assim como o edital – um dos documentos mais importantes do exame. É interessante se atentar ao local, principalmente caso você não saiba onde fica. Assim, tem tempo para tirar dúvidas de como chegar.
No dia da prova, saia de casa com antecedência: você já deve saber que os organizadores não são flexíveis com atrasos, e quem chega após o fechamento dos portões fica de fora do evento. Melhor não arriscar, certo? Os portões fecham às 13h, horário de Brasília.

CONFIRME SE SEUS DADOS ESTÃO CERTOS

No mesmo dia que o Inep informa os locais de prova, também divulga um cartão com a confirmação do seu exame. Ali está tudo que você preencheu bem antes, quando as inscrições foram abertas, como nome, CPF, número de inscrição etc.
Apesar de não ser obrigatório levar essa folha no dia da prova, é interessante tê-la em mãos para consultar sempre que necessário – de um jeito prático e rápido, caso surja alguma dúvida.

PREPARE SEUS MATERIAIS

O Enem é uma prova cheia de regras. Para garantir que o estudante não cole ou tente fraudar o exame, aparelhos como celulares, relógios e outros não são permitidos. As canetas usadas devem ser de materiais transparentes e tinta preta. Separe uma principal e, se possível, leve outras de reserva, por precaução.
Cuide de você também. Na véspera da prova, deixe a rotina de estudos de lado para relaxar a mente e ter uma boa noite de sono. Evite uma alimentação muito pesada nesses dias que antecedem o Enem e aposte em atividades que façam bem – ouvir músicas, ler livros do seu interesse, fazer exercícios físicos e por aí vai. No dia do exame, vá com roupas leves e confortáveis para evitar distrações.

ORGANIZE SEU TEMPO

O tempo pode ser o vilão para muitos estudantes. De fato, não é fácil resolver tantas questões com imensa pressão sobre as costas. Nesse sentido, a sua melhor aliada é a organização. Logo ao montar seu cronograma de estudos para o Enem, programe-se para repassar os principais conteúdos cobrados na prova para não ficar nada de lado.
É comum ter tanto foco nas disciplinas das 4 áreas do saber que a redação acaba fora do planejamento. Não seja essa pessoa! Lembre-se de que ela representa 20% da nota do Enem e pode ser decisiva na sua aprovação ou conquista de bolsa na universidade. Por tal razão, separe um tempo na semana para treinar os textos.
Organize estratégias para conciliar a leitura atenta das questões e da redação. Os simulados são a melhor forma para se colocar à prova. Quando for realizá-los, cronometre o tempo corretamente e não faça consultas – imagine que chegou mesmo o dia do Enem e busque na mente tudo que aprendeu para responder.

PLANEJE COMO FAZER A PROVA

Já pensou que realizar o Enem não é só chegar com sua caneta e responder as questões? Essa é uma prova complexa, que não depende somente do seu conhecimento em determinadas matérias do Ensino Médio. Os enunciados cobram bastante a interpretação de textos, imagens e gráficos, com uma boa dose de interdisciplinaridade de fundo.
Por isso, enquanto estiver fazendo simulados, planeje a melhor tática para o exame, principalmente quanto ao dia da redação. Alguns candidatos preferem começar pela escrita do texto dissertativo-argumentativo, enquanto outros gostam mais de ir para as questões objetivas. Não existe uma fórmula mágica que garanta total eficiência: essa ordem depende do perfil do estudante.
Pense que é melhor calibrar nos simulados – esse é o momento para erros de cálculo no tempo e na estratégia. Então, treine bastante para entender o que funciona melhor para você e, consequentemente, não cometer falhas no dia da prova.

NÃO SE ESQUEÇA DO GABARITO

Lembra que falamos sobre o tempo? Além de organizar como fará a prova, atente-se ao preenchimento do gabarito de modo correto para não correr o risco de prejudicar a correção. Muitos estudantes acabam deixando para os últimos minutos e podem até cometer erros por conta da pressa. Tenha em mente que são 90 questões por dia no Enem!
Se sentir confiança, uma boa dica é marcar a alternativa certa no gabarito logo que finalizar a questão. Assim, não terá de fazer tudo na correria ao final da prova. Só tenha máxima atenção para não sinalizar outro item no lugar, combinado?
Estar bem-preparado para o Enem 2020 traz mais confiança no seu potencial e é a melhor estratégia para garantir um bom rendimento. Com notas acima da média nacional, você consegue a vaga que tanto sonhou em uma das melhores universidades do país. Por isso, coloque as dicas deste post em prática o quanto antes para ter mais eficiência no dia da prova.
Por falar em instituições de ensino com qualidade comprovada, a UVA está entre as dez melhores universidades particulares do Brasil, segundo o MEC. Em 2019, recebeu o conceito institucional máximo na avaliação feita pelo Ministério da Educação. Entre em contato com a equipe para conhecer os disponíveis e as maneiras de ingressar!