Tipos de Engenharia: guia completo que você deve conhecer

Se você tem facilidade com as ciências exatas e pretende criar, construir e planejar diversas coisas, a engenharia pode ser uma excelente opção de carreira. É um campo muito aberto, que conta com diferentes possibilidades de atuação. Por isso, é comum não conhecer todos os tipos de engenharia e ter dúvidas na hora de escolher um deles.
O surgimento de novas engenharias se deve à evolução da sociedade e das necessidades que são criadas com isso. As pessoas mudaram a sua forma de trabalhar, de se relacionar e de produzir, o que traz demandas novas. É uma área muito promissora, que oferece ótimas oportunidades de trabalho. Em contrapartida, é preciso que haja muita dedicação para se tornar um profissional completo.
Quer entender mais sobre como funciona o mercado da engenharia, quais são as possibilidades de atuação e o que considerar para ter sucesso? Continue a leitura e confira.

1. MERCADO DE ENGENHARIA

O trabalho do engenheiro é primordial para o progresso do país. Ele ajuda a elaborar tecnologias que melhoram a vida de todos e pode oferecer soluções em diferentes setores, o que dá suporte a toda a infraestrutura da nação.
Dessa forma, existe uma grande procura por esses profissionais, com a possibilidade de atuação em qualquer lugar do mundo. Além disso, a valorização e as chances de avançar na carreira só aumentam. Para conseguir se destacar, é preciso investir na especialização, desenvolver suas habilidades e contar com um bom marketing pessoal.
Os salários variam de acordo com o tipo de engenharia, mas geralmente se mostram bastante convidativos mesmo em início de carreira. Muitas pessoas conseguem emprego ainda na graduação, por conta da falta de especialistas no país. Além disso, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) regulamenta a profissão e fiscaliza o cumprimento do Salário Mínimo Profissional, bem como a legislação sobre a jornada de trabalho.

2. VANTAGENS DE ATUAR NO MERCADO DE ENGENHARIA

Já imaginou ter muitas possibilidades de crescimento profissional, ótimas oportunidades de trabalho pelo mundo e boa remuneração? Essas são algumas vantagens do mercado de engenharia.
Outro fator que se soma à alta procura por engenheiros é o dinamismo de atuação. É possível trabalhar para uma empresa, em escritório próprio, em fábricas ou até viajando pelo mundo.
A engenharia é uma ótima alternativa para quem gosta de inovação, é criativo e quer sempre aprender mais. Para trazer boas soluções para o setor, é necessário estar em atualização constante e se adaptar facilmente às novas tendências que surgem no mercado e na sociedade.

3. PARTICULARIDADES DOS CURSOS DE ENGENHARIA

Para compreender quais são as particularidades da engenharia, é importante entender que seus profissionais são responsáveis pela conversão tecnológica. Isso significa que eles precisam perceber as necessidades que a população e a indústria apresentam, observar o que é possível fazer por meio da tecnologia e converter isso em ferramentas para trazer melhorias.
Para isso, reunir algumas habilidades traz mais chances de se destacar. Uma delas é a facilidade com as ciências exatas, que são muito exigidas para a formação em engenharia. Elas farão parte da sua rotina de estudos e também da profissão. Já ter alguma familiaridade com os cálculos é uma grande vantagem.
Algumas matérias como física, estatística, álgebra e métodos numéricos são muito presentes nos cursos. A graduação dura em média cinco anos, que exigem dedicação e estudos constantes. Isso porque o trabalho do engenheiro é complexo e é necessário atuar com bastante responsabilidade, uma vez que projetos malfeitos podem trazer prejuízos e até colocar em risco a vida de muitas pessoas.

4. CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL DE ENGENHARIA

Existem algumas características que contribuem para o exercício da função e são fundamentais para conseguir destaque em qualquer um dos tipos de engenharia. Conheça algumas delas:

4.1. GOSTO PELAS CIÊNCIAS EXATAS

O primeiro atributo esperado, como você já deve ter percebido, é gostar das ciências exatas. Além de ser importante para as matérias estudadas e a atuação profissional, também permite desenvolver o raciocínio lógico, que é uma habilidade constantemente exigida.

4.2. CRIATIVIDADE

Outra qualidade que também já destacamos é a criatividade. Os engenheiros precisam dela para encontrar as soluções mais eficientes em suas atividades. Se você não se considera um indivíduo criativo, saiba que isso pode ser aperfeiçoado. A recomendação é ler muitos livros, se cercar de boas informações e, principalmente, buscar uma instituição de ensino que conte com metodologias que estimulem o protagonismo e a proatividade dos alunos.

4.3. INTERESSE PELAS TECNOLOGIAS

Manter-se atualizado é imprescindível, assim como acompanhar os avanços da tecnologia. O bom engenheiro lida bem com as mudanças trazidas pelas modernizações e consegue aproveitar as oportunidades que surgem. É válido reforçar que ele faz com que a tecnologia se transforme em ferramenta para melhorar a vida das pessoas.

4.4. BOA COMUNICAÇÃO

Apesar de a engenharia ser muito técnica, é de grande valia que os profissionais tenham boa comunicação. Isso porque lidam com diferentes indivíduos em distintas posições, como clientes, chefes e colaboradores. Dessa maneira, conseguir transmitir informações com clareza e profissionalismo para qualquer público é uma competência valiosa.

4.5. DOMINAR OUTRO IDIOMA

Dominar o inglês é quase um requisito para os engenheiros. A explicação é simples: boa parte dos materiais científicos é produzida nesse idioma, além de possibilitar a comunicação com pessoas de qualquer lugar do mundo.
Mas calma! Essa habilidade pode ser lapidada ao longo da graduação. Algumas instituições oferecem cursos de inglês com essa finalidade. Contudo, se você quer ter um diferencial em seu currículo, pode também buscar outras línguas estrangeiras.

5. TIPOS DE ENGENHARIA

Como você viu, existem muitas engenharias diferentes, e todas elas preparam profissionais para atuar nos mais diversos setores. Conheça a seguir os 11 tipos mais comuns e promissores!

5.1. ENGENHARIA AMBIENTAL

Esse curso tem foco no desenvolvimento tecnológico de forma sustentável, para o aproveitamento consciente dos recursos naturais. Assim, também podem ser elaboradas ferramentas para a preservação ambiental e melhoria da relação entre o ser humano e a natureza.

5.2. ENGENHARIA CIVIL

A Engenharia Civil é uma das mais antigas e conhecidas. Ela tem uma ampla área de atuação, já que a necessidade de formados para o aperfeiçoamento das construções urbanas é constante. Existem muitas funções que podem ser exercidas pelo engenheiro civil, o que representa grandes oportunidades.

5.3. ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

O avanço tecnológico faz com que cada vez mais se aumente a demanda por profissionais capazes de criar soluções em hardware, software e sistemas. Nesse sentido, o engenheiro de computação sai na frente, com uma formação completa para atender às demandas da sociedade moderna.

5.4. ENGENHARIA DE PETRÓLEO E GÁS

A atuação do engenheiro de petróleo e gás é muito específica. Ele trabalha na descoberta e extração desses materiais, se concentrando em regiões petrolíferas, refinarias e indústrias petroquímicas. Ele também pode prestar consultoria para empresas e participar de outros setores vinculados ao petróleo.

5.5. ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

A Engenharia de Produção é responsável por projetar formas mais eficientes de dos sistemas produtivos no que se refere aos bens e serviços. É a mais abrangente das engenharias, o que representa muitas áreas para trabalho. Contudo, também exige que o profissional tenha conhecimentos mais profundos e invista muito em seus estudos.

5.6. ENGENHARIA MECÂNICA

Os engenheiros mecânicos cuidam dos sistemas mecânicos. A formação é bastante técnica e permite uma significativa atuação na indústria. Assim como a Engenharia de Produção, é bastante abrangente, tem um campo muito vasto e oferece ótimas oportunidades de trabalho.

5.7. ENGENHARIA DE ENERGIAS

Uma das grandes necessidades do mundo todo é a produção e distribuição de energias mais limpas. Quem forma em Engenharia de Energias é capacitado para lidar com diversos tipos de energias diferentes e pode atuar tanto no setor público quanto no privado. O mercado de trabalho é favorável em várias regiões do mundo.

5.8. ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Esse engenheiro estuda a produção dos alimentos em nível industrial. Dessa forma, atua desde a seleção das matérias-primas até a distribuição dos produtos. Ele cuida da eficiência em todos os processos, o que também envolve o controle de segurança e qualidade.

5.9. ENGENHARIA DE SEGURANÇA CIBERNÉTICA

A Engenharia de Segurança Cibernética é bastante nova e tem ótimo potencial de evolução. O profissional desenvolve sistemas de segurança digital para empresas ou para o setor público.

5.10. ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO

Como o nome indica, a Engenharia de Automação ajuda a indústria a automatizar os serviços — e isso pode se dar tanto nos equipamentos quanto nos sistemas. O profissional do ramo tem um papel significativo no crescimento industrial e tem o trabalho bastante valorizado em qualquer região.

5.11. ENGENHARIA ELÉTRICA

O engenheiro elétrico é responsável pelos sistemas elétricos, para garantir que ela seja distribuída com eficiência e qualidade. Sua atuação, além do fornecimento de energia elétrica, pode acontecer em diversos meios, como construção civil, telecomunicações, eletroeletrônica e automação.

6. DIFERENÇAS ENTRE OS TIPOS DE ENGENHARIA

Ainda que as engenharias tenham muitas semelhanças, como algumas competências esperadas, existem aspectos que as distinguem. Assim, é preciso considerar que algumas são mais técnicas e exigem o contato com máquinas, outras são mais dinâmicas e esperam do profissional o senso de inovação para encontrar soluções inteligentes.
Além disso, alguns segmentos são bastante restritos, como a citada Engenharia de Petróleo e Gás, em que os serviços são prestados em setores muito específicos. Outros tipos de engenharia já são mais abrangentes, o que permite que os serviços sejam requisitados em diferentes nichos.

7. COMO ESCOLHER O MELHOR SEGMENTO

Agora que você já conhece um pouco mais sobre alguns dos principais tipos de engenharias e como é a atuação no mercado, é preciso avaliar qual deles mais se enquadra em seu perfil e interesses. Para isso, é recomendado que considere alguns pontos relevantes, como:
  • sua prioridade de setor, público ou privado;
  • sua disponibilidade de se mudar para trabalhar;
  • a área com a qual tem mais afinidade;
  • seu interesse por maior estabilidade ou por riscos, porém com chances de expansão;
  • a forma como pretende conciliar a vida pessoal e profissional;
  • a sua pretensão salarial.
Depois de refletir sobre todos esses pontos, é possível avaliar qual das engenharias tem mais afinidade com as suas características e potencial para ser a sua profissão. Para ajudar na hora da escolha, pesquise muito sobre os setores, a atuação dos profissionais e as perspectivas para o futuro.
Você pode olhar os sites das instituições de ensino superior e conversar com pessoas que já atuam no setor para conhecer mais a respeito da profissão. Desse modo, terá maiores chances de fazer a melhor escolha e garantir a sua satisfação.

8. IMPORTÂNCIA DE OPTAR POR UM CURSO DE QUALIDADE

Tão importante quanto escolher a melhor engenharia para você é optar por uma formação de qualidade, que conte com os métodos necessários para o seu desenvolvimento. É isso que garantirá o aprimoramento das habilidades exigidas pelo mercado, o enriquecimento do seu currículo e também oferecerá o suporte necessário para o seu crescimento.
Nesse sentido, considere que os cursos de engenharia exigem muito dos estudantes. A rotina de estudos é intensa e a dedicação deve ser grande. Por isso, contar com bons professores, materiais de qualidade e uma infraestrutura adequada ao longo do seu curso garante uma boa experiência e um período de ganho de conhecimento. Tenha em mente que o setor exige recursos específicos que possibilitam a sua evolução.
Dessa forma, além das aulas, é preciso contar com atividades extras que ampliem os conhecimentos e o preparem para o mercado. Similarmente, é recomendado ter experiências profissionais ainda na graduação. Assim, avalie se há algum programa para estágio, projetos acadêmicos, possibilidade de iniciação científica e até mesmo parcerias para intercâmbio.
A avaliação do curso pelo Ministério da Educação também deve ser observada. O órgão realiza avaliações frequentes e atribui notas para as graduações individualmente. Para isso, são analisados diversos fatores, como o desempenho dos alunos, a infraestrutura da instituição e a formação dos professores. As notas vão de 1 a 5, e aquelas que estiverem abaixo de 3 podem acarretar o fechamento do curso superior.
Todas essas experiências em seu currículo trarão maior segurança em seu desempenho, além de enriquecer a sua bagagem profissional. São pontos importantes para quem quer se destacar e garantir uma carreira de sucesso.

9. COMO ESCOLHER UMA BOA UNIVERSIDADE

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o mercado da engenharia, conheceu alguns dos principais cursos e sua atuação e também já sabe o que precisa considerar para fazer a sua escolha, é hora pensar sobre a universidade em que vai estudar.
É fundamental observar o que a instituição pode oferecer para o seu crescimento profissional. Veja medidas a serem tomadas na hora da decisão.

9.1. PESQUISE SOBRE A INSTITUIÇÃO

O primeiro passo para saber se aquela é a melhor instituição para você é pesquisar sobre a sua história, os seus diferenciais e a sua forma de trabalhar. A internet é uma grande aliada nisso e pode trazer muitas informações sobre qualquer universidade. Assim, observe os aspectos que considera relevantes e veja como são abordados.

9.2. VISITE O CAMPUS

Depois de saber mais sobre a instituição pelas suas pesquisas, é essencial fazer uma visita ao campus onde o curso desejado é realizado. Com isso, você pode conferir a infraestrutura do local, os ambientes de estudo, as relações entre alunos e colaboradores e a rotina acadêmica.
Converse com todas as pessoas que puder para saber o máximo sobre a instituição. Uma dica para aproveitar melhor a visita é anotar os pontos que são importantes e observar se eles são considerados pela universidade.

9.3. BUSQUE ALUNOS E EX-ALUNOS

Conversar com os alunos é muito bom para conhecer mais sobre a instituição. Além disso, conhecer ex-alunos e pedir opinião sobre o curso que você deseja fazer é ótimo para se certificar de que é uma boa escolha. Veja como foi a inserção no mundo do trabalho e quais foram as medidas adotadas para favorecer a carreira dos estudantes.

9.4. CONHEÇA O CORPO DOCENTE

Além da boa infraestrutura, é fundamental que a instituição conte com o corpo docente competente. Um professor comprometido e que tenha boa didática faz toda a diferença no aprendizado. De nada adianta a instituição ter uma excelente infraestrutura se os seus profissionais não demonstrarem o preparo necessário para as aulas.
Nesse sentido, você pode avaliar a formação dos educadores, as metodologias de ensino que são adotadas e quais são os trabalhos já realizados por eles. Assim é possível saber o que esperar dos docentes.

10. COMO TER SUCESSO NO MERCADO DE ENGENHARIA

Como você pôde perceber, esse é um campo muito extenso, e saber tudo que é necessário para ter destaque não é tarefa fácil. São muitos detalhes a serem observados e é essencial que isso seja feito com calma e cuidado.
Quando começar a trabalhar com engenharia, você contará com uma área de prestígio social e boas oportunidades, mas é prudente observar alguns cuidados para ter destaque e garantir o sucesso. Veja alguns diferenciais para alavancar a sua carreira.

10.1. MELHORE AS SUAS QUALIFICAÇÕES

Não basta ter uma boa graduação. É bastante válido buscar uma especialização por meio de outros cursos e de pós-graduações. Os engenheiros têm a função de encontrar as alternativas mais eficientes em todos os setores da sociedade, por isso, é necessário que estejam um passo à frente.
Na graduação também é preciso aproveitar os congressos, cursos extras, palestras e outras atividades promovidas pela instituição ou por outras universidades. É uma maneira de ampliar ainda mais os seus conhecimentos e de enriquecer o currículo.

10.2. BUSQUE EXPERIÊNCIAS PRÁTICAS

As experiências profissionais são outro fator significativo para se tornar uma autoridade no segmento. Para quem acaba de se formar, pode ser difícil contar com esse recurso, o que torna muito válida a participação em atividades práticas ainda na graduação.
Assim, é bom reforçar que a universidade deve favorecer e incentivar estágios e experiências para os estudantes, pois eles podem fazer toda a diferença em sua formação e inserção no mundo do trabalho.

10.3. AMPLIE O SEU NETWORKING

Ter uma boa rede de contatos é imprescindível em qualquer ocupação. Assim, ao estabelecer boas relações você cria parcerias que podem te ajudar muito a se consolidar na carreira. Para isso, além de manter uma postura cordial e profissional, é indispensável fortalecer a sua imagem, demonstrando responsabilidade, proatividade e, claro, competência.

10.4. FAÇA O SEU MARKETING PESSOAL

Essa dica se relaciona com a anterior. Para se tornar uma autoridade no ramo de engenharia, é fundamental mostrar ao público que você é um ótimo engenheiro, tem domínio sobre os processos e é bem-conceituado. Isso pode ser feito a partir das mídias digitais, como as redes sociais e sites pessoais. Além disso, os meios físicos também são valiosos. A forma como você apresenta o seu trabalho faz muita diferença na percepção que as pessoas têm dele.

10.5. DEFINA SEUS OBJETIVOS

É muito mais fácil crescer profissionalmente quando você tem objetivos claros a alcançar. Lembra que falamos sobre avaliar a pretensão salarial? Esse é um dos fatores, mas existem outros aspectos a serem observados. Perceba se a sua prioridade é ter mais prestígio, realizar um trabalho social ou ter um ótimo salário. Estar ciente disso ajuda a determinar as ações necessárias para alcançar as metas.

10.6. MOSTRE PROATIVIDADE

Os engenheiros precisam mostrar proatividade e eficiência. Essa atitude é necessária e deve ser desenvolvida por todos. Logo, é primordial ter habilidades de liderança e conseguir trabalhar bem em equipe.
Como vimos, existem muitos tipos de engenharia, com diferenças entre si, mas, em geral, todas mostram ótimas oportunidades profissionais. O campo é tão promissor que a modernização faz surgir novas atuações. Assim, com um bom planejamento da sua carreira e investimento nas suas qualificações, é possível ter sucesso na área escolhida.
Chegamos ao fim do conteúdo. Agora, que tal mostrar para as outras pessoas quais são as engenharias mais comuns e como é a formação dos profissionais do ramo? É só compartilhar este post em suas redes sociais!