Você está aqui

Notícia

< Voltar

Notícia < Voltar

Campus: 
Tijuca
Barra
Cabo Frio

UVA promove terceira edição do UVA Talents

Juliana Machado, estagiária da Comunicação Institucional   |    Tijuca Barra Cabo Frio

Versão virtual do concurso alcançou mais de nove mil votos do júri popular

 

A Universidade Veiga de Almeida (UVA) promoveu mais uma edição do UVA Talents. Alunos de todos os cursos e campi puderam participar da versão virtual do programa e concorrer à uma live em parceria com a Redbull. Considerando as medidas de distanciamento social, a terceira edição do concurso precisou ser virtualizada, mas garantiu resultados surpreendentes aos alunos e docentes da universidade.

 

O UVA Talents tem como objetivo descobrir novos talentos da música e incentivar a arte no ambiente universitário. No processo de seleção, a TV UVA recebeu vídeos de alunos cantando à capela e selecionou 21 candidatos para as primeiras audições. Após a aprovação, os participantes se apresentaram, virtualmente, para o júri técnico, que contou com três professores de Fonoaudiologia - Reynaldo Lopes, Isabela Poli e João Lopes - e ainda o diretor artístico, Zepe, para avaliar a performance e o repertório escolhido.

 

Na segunda semana de audições, os jurados escolheram cinco semifinalistas que participaram de um workshop de voz e artístico para se prepararem para a próxima fase. Isabela Poli destacou ter sido surpreendida com a qualidade técnica do programa. “Foi uma experiência muito positiva. Tivemos que aprender a captar as expressões, a forma de cantar e a observar a criatividade dos candidatos através da tela. Foi um aprendizado para todos, e até os que têm dificuldade em se apresentar em público viram a versão virtual como uma oportunidade de mostrar suas vozes”, destaca.

 

A semifinal do UVA Talents reuniu mais um grupo de jurados. Além do produtor musical, Victor Junior, e o vencedor da segunda edição do concurso, Michael Carvalho, o corpo docente também marcou presença nas apresentações finais dos candidatos, como júri acadêmico, e ajudaram a escolher a voz campeã.

 

Mônica Miranda, diretora da TV UVA, conta que quando reuniu sua equipe, sabia que a virtualização seria um desafio, mas o projeto era de extrema importância para prestigiar os alunos e docentes, além de reconhecer e celebrar os artistas existentes na universidade. “O UVA Talents almeja dar voz aos talentos e servir de ponte para que eles saiam do anonimato e possam seguir uma carreira de sucesso”, explica.

 

E a vencedora do UVA Talents deste ano foi a aluna de Publicidade e Propaganda, Natalia Benites, que ganhou uma live no Youtube com o apoio da Redbull, além de uma entrevista no programa Jogo Aberto da TV UVA. A estudante relata que a experiência no concurso foi única e repleta de aprendizados. “Uns dos meus momentos favoritos foram os workshops de produção artística e preparação vocal. Aprendi coisas que vou levar para o resto da vida”, destaca.

 

Além da campeã definida pelos júri técnico e corpo docente da UVA, o júri popular (público geral) escolheu, com mais de nove mil votos, a aluna de Fonoaudiologia, Juliana Alves, como a favorita da edição.

 

19/jun/2020

Tema:
UVA,