UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Vida amorosa é tema de evento no Campus Barra

Vida amorosa é tema de evento no Campus Barra

26 de novembro de 2010

O amor é um tema controverso, muito se fala, muito se faz, mas a verdade é que pouco se sabe ao certo sobre o amor. Na última sexta-feira 19, o Campus Barra foi palco do primeiro dia do evento O Amor e suas Letras – XII Jornadas de Formações Clínicas do Campo Lacaniano RJ, que abordou como tema central o amor.

Na intensa programação que aconteceu ao longo da sexta, sábado e domingo, o evento contou com a participação de profissionais de todo o país. Além da Psicanalista e professora da Universidade de Medelín, Patrícia Muñoz. A convidada internacional foi um dos destaques do primeiro dia, que também contou com a presença do poeta Pedro Laje.

O evento foi aberto oficialmente pelas professoras da UVA que organizaram o evento, Sonia Borges e Sheila Abramovitch, que falaram um pouco do assunto pondo em vista o viés lacaniano. Seguida da abertura, a professora Munõz comandou a palestra sobre o amor no ponto de vista lacaniano, chamada A coragem, em vista desse destino fatal.

Já o segundo evento da noite, foi a mesa redonda Amor e Poesia que teve a frente o poeta Pedro Lage. Entre poesias suas e de outros atores, ele interpretou algumas dos que mais gostava dentro do contexto amoroso, arrancando aplausos emocionados da plateia que enchia o auditório.

Passadas as primeiras apresentações do evento, o público foi convidado para participar de um coquetel e apreciar uma exposição, especialmente feita para o evento por alunos da Escola de Design, do Curso de Graduação em Psicologia e do Mestrado Profissional em Psicanálise, Saúde e Sociedade.

Em entrevista ao Informativo Veiga Online a professora Sonia Borges comentou que desde o início, “o evento foi marcado por um entusiasmo enorme”. Ainda segundo ela, “o objetivo do evento é a divulgação da psicanálise do ponto de vista da teoria e da clínica”, explica. Segundo a outra organizadora do evento, Sheila Abramovitch, o foi importante para que, “os alunos possam conhecer mais da psicanálise no tema do amor. Além de estimular a pesquisa e compartilhar experiências na área”.

O segundo dia do O Amor e suas Letras contou com mesas simultâneas, entre elas na parte da manhã O amor a Deus no século XXI com Denise de Assis, Quando as traições são bem mais sutis: sobre linguagem, poética e amor com Paulo Sérgio de Souza Jr e Amor cortês: uma invenção dos trovadores para cantar A mulher, tendo a frente Nadiá Paulo Ferreira.

No parte da noite o destaque foi para o Shakespearianas in love: ao julietar ofélia em mim o desdemoníaco amor, que foi uma leitura dramatizada em concerto pela Cia. Inconsciente em Cena, dirigida pelo professor Antonio Quinet, e que contou ainda com a participação especial da escritora e psicanalista Ana Vicentini.

No último dia a programação não perdeu fôlego, e os participantes ainda puderam aproveitar uma série de mesas, entre elas Pode-se aprender a amar? Uma leitura de Clarice Lispector com Glória Justo Martins, e Adolescência: caminho entre o amor impossível e possíveis amores com Eliana Julia de Barros Garritano. Além disso os professores Antonio Quinet e Patrícia Muñoz ainda participara do último dia, que teve seu encerramento por volta das 13h com as professoras Sonia Borges, Sheila Abramovitch, Elisabeth da Rocha Miranda e Georgina Cerquise.

 

Veja mais fotos do evento no flickr da UVA.