UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > O que vem depois da CPA

O que vem depois da CPA

04 de dezembro de 2017

Entenda como a UVA trabalha os resultados da autoavaliação institucional

Depois que o processo de autoavaliação da Universidade Veiga de Almeida (UVA) é encerrado a Comissão Própria de Avaliação (CPA) encaminha as observações feitas por alunos e professores às áreas competentes. As sugestões, quando possíveis, são colocadas em prática. Melhorias como acessibilidade e expansão dos laboratórios interdisciplinares estão entre os resultados já obtidos por meio da CPA.

Arlindo Cardarett Vianna, reitor da UVA e presidente da Ilumno no Brasil, acompanha todo o processo. “A pesquisa nos mostra onde e como podemos melhorar nossos serviços e tem como principal propósito identificar os anseios do público interno. Por isso, quando a CPA é finalizada, buscamos entender quais são as opiniões e vontades dos nossos corpos discente e docente e, da melhor maneira, as tornamos tangíveis”, explica.

Ao longo de 2017, algumas mudanças, como a nova plataforma virtual, Canvas, e a implementação do novo modelo pedagógico dos cursos, foram priorizados a partir dos resultados da pesquisa. Vianna conta que nessa primeira avaliação pós melhorias o resultado será parcial. “São projetos inovadores e que naturalmente geram questionamentos. Será preciso esperar aproximadamente três anos de adaptação ao novo modelo para termos um retorno ideal de críticas”, ressalta.

Parte desse novo modelo são as atividades extraclasses que podem ser realizadas nos laboratórios inaugurados pela Veiga este ano, como o FabLab, LabIdeias e CSI. Segundo o reitor, são 77 projetos interdisciplinares em ação que contam com cerca de 11 mil alunos. “É fundamental que o estudante tenha conhecimento e prática em outras áreas além daquela que é a sua formação, pois isso o enriquecerá para a vida profissional no mercado”, finaliza.


Texto produzido por Gabriel Brum, estagiário da Comunicação Institucional