UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Nas lentes do Direito

Nas lentes do Direito

15 de maio de 2017

Estudantes vão registrar lugares importantes para a história da Justiça no Rio de Janeiro

Os alunos do curso de Direito da Universidade Veiga de Almeida (UVA), campus Tijuca, terão a oportunidade de participar da oficina de fotografia Lugares da Memória e da Justiça no Rio de Janeiro. A atividade vai acontecer nos dias 22 e 26 de maio, das 14h às 17h. No primeiro dia, a oficina será realizada na própria unidade enquanto no segundo os alunos irão a campo para fotografar as ruas do Centro da cidade. A falta em um dos encontros cancelará a inscrição do estudante e a perda do certificado. Os interessados em participar devem fazer a inscrição através do formulário. A oficina terá 20 vagas e valerá 30 horas de atividade complementar (AC).

O professor responsável pelo projeto, Thiago Reis, explica como funcionará o projeto. “A ideia é percorrer e fotografar os lugares importantes para a história da Justiça na cidade. Mas não só os lugares onde a Justiça é ‘praticada’, mas também nos que foram transformados em museus e centros de memória, por exemplo”. Ele informa que os participantes deverão utilizar equipamento próprio em ambos os encontros. Máquinas profissionais e semiprofissionais e celulares com câmeras com resolução superior a 12MP poderão ser utilizados pelos alunos.

Após a produção das fotos, os alunos vão elaborar e montar uma exposição nas dependências do campus Tijuca no segundo semestre. Ele explica a importância desse projeto para a formação dos estudantes. “A oficina visa desenvolver outras competências e habilidades que colaborarão para a formação de um profissional mais qualificado. O apelo à perspectiva estética proporcionado pela fotografia possibilitará o desenvolvimento da percepção histórica sobre a produção da Justiça, aliada a conjugação entre o patrimônio e sua relação com a nossa sociedade”, ressalta.

Para mais informações entrar em contato com o professor através do [email protected]


G
abriel Brum
Estagiário - Comunicação Institucional