UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Artes que se complementam

Artes que se complementam

01 de outubro de 2017

Roteirista Lucas Paraizo ministra palestra na UVA sobre cinema e televisão

Contar histórias é a essência do jornalismo e do cinema. Lucas Paraizo, jornalista por formação, percebeu isso, mas relatar fatos não era o suficiente para ele. Elaborando narrativas mais complexas, se tornou roteirista da TV Globo, vendo sua carreira ascender nos últimos três anos graças a filmes e séries de sucesso. Nesta terça-feira (31), Paraizo esteve no campus Barra da Universidade Veiga de Almeida (UVA), onde pôde compartilhar experiências sobre seus trabalhos com os estudantes de Comunicação Social.

Com apenas 38 anos, Lucas já possui um currículo vasto. Roteirizou séries e minisséries recentes da TV Globo, como o remake de “O Rebu” e “Justiça”, indicada ao Emmy Internacional deste ano. Além disso, foi um dos responsáveis por escrever “Gabriel e a Montanha”, que conquistou prêmios no Festival de Cannes. Entretanto, seu sucesso quase instantâneo não lhe sobe a cabeça. “Eu lido com isso trabalhando. É o segredo para continuar com os pés no chão”, afirma.

Diante da experiência do roteirista, um dos alunos mais interessados foi Victor Oliveira. O estudante de jornalismo não poupou perguntas e foi uma das vozes mais presentes no auditório da UVA. Para ele, o evento mostrou a dimensão do cinema e das áreas de trabalho para os formandos que pretendem seguir essa área. “Gostei da interação dele, a forma como contou suas experiências e lidou com um público”, destacou Victor, que espera que universidade promova mais palestras desse tipo.

A palestra, organizada pelo professor Anderson Barreto, complementa os estudos da disciplina “Narrativa Seriada” que os alunos de Comunicação Social (Jornalismo e Publicidade) estão cursando. O evento, inclusive, seria algo menor, mas a universidade entendeu que um profissional vindo de fora faria os estudantes assimilarem melhor o conteúdo. “Muitos aqui tiveram grande interesse, algumas pessoas gostariam de seguir essa área (roteiro e audiovisual). Há planos para mais debates, mas para o semestre que vem”, afirmou Barreto. 


*Texto produzido por Lucas Motta, da Agência UVA, campus Barra