UVA - Universidade Veiga de Almeida

Cursos de Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Extensão

Universidade Veiga de Almeida

Ligue para a UVA (21) 2574 8888


Acesso ao Sistema

Aluno
Professor
Esqueci a senha

Início > Notícias > Aluna da UVA fica entre as finalistas em concurso Alemão

Aluna da UVA fica entre as finalistas em concurso Alemão

17 de junho de 2013

Aldilene Mafra
Tatiana Pereira Marcolino, ex-aluna da Universidade Veiga de Almeida (UVA) se inspira em Frida Kahlo para a ambientação de bar e seu projeto fica entre os finalistas em concurso promovido pelo site alemão iF Concept. O site, referência  no mundo do Design, procurava os 100 conceitos mais inovadores e inteligentes de todas as áreas do Design, com foco nos estudantes, graduandos e recém-formados de todo o mundo. Esses trabalhos serão expostos na CeBIT - feira que dá destaque para o potencial de geração de negócios - e no próprio site.

Tudo começou em janeiro deste ano, quando Tatiana, recém-formada do curso de Design de Interiores, resolveu inscrever seu projeto - “Frida’s pub” - no concurso. A surpresa foi ver depois que seu projeto foi selecionado por um júri de 60 pessoas e concorreu com aproximadamente 40 mil estudantes.

“Eu fiquei muito feliz e emocionada pelo meu projeto ter sido escolhido, pois além de ter sido o meu primeiro concurso, se tratava de um concurso de âmbito internacional. O curso foi fundamental para me capacitar na área através das disciplinas oferecidas e da ótima orientação dos professores. E a universidade tem sido muito importante, pois se preocupa e mantém vínculo com o aluno, mesmo depois de formado”, enaltece a ex-aluna, que desde maio está com seu projeto exposto no site.

A ideia
O projeto, trabalho final de conclusão de curso, era ambientar um bar e sua proposta foi se inspirar na pintora Frida Kahlo para fortalecer a identidade do local. “O tema resgata as cores intensas, o mosaico e a natureza. A essência é policromática, sustentável e remete a idéia de sonho. As pinturas de Frida Kahlo foram primordiais na escolha da paleta de cores vibrantes e brilhantes, as estampas florais, mosaicos e materiais naturais, como madeira certificada e materiais de bambu e artificial como cerâmica, vidro reciclado e alumínio”, afirma Tatiana.

A designer não deixou de lado a preocupação com o meio ambiente. Ela reutilizou materiais, usou gaiolas como luminárias e mosaicos por toda extensão do piso. O local ainda ganhou uma bioarquitetura representada pelo telhado verde, que tem como função aumentar a infiltração e a retenção de águas pluviais, aliviando os efeitos das inundações e zonas de calor.