Por admin | 20/12/2021

Principais tendências de looks para as festas de fim de ano

Tecidos rústicos e sustentáveis, roupas confortáveis e acessórios reciclados estarão em alta

Foram dois anos sem renovar o guarda-roupa para as festas de fim de ano. Nas comemorações online até teve gente que se arrumou para aparecer bem no vídeo, mas dificilmente investiu em novas aquisições – e as roupas confortáveis, de ficar em casa, foram incorporadas nos looks das festas. Para o coordenador do curso de Moda da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Beto Abreu, a opção por roupas confortáveis é uma tendência que veio para ficar. “Macacões larguinhos, vestidos longos, esvoaçantes e práticos, que são a cara do verão carioca, assim como as calças mais soltas, são boas alternativas para a virada do ano”, afirma.

 

O professor acredita que reciclar roupas e acessórios, além de gerar economia, também pode ser considerado um símbolo de mutação nessa virada pós-pandêmica.  Alguns exemplos são bijuterias e colares usando materiais rústicos feitos à mão e personalizados.  “Os acessórios produzidos em pequena escala ganham o selo da exclusividade e é possível garimpar boas opções no Centro do Rio. Não apenas no Saara, mas toda a região é um grande polo com diferentes opções baratas e com ótimo acabamento”, destaca.

 

Para Beto Abreu, a maior tendência de reciclagem de looks é explorar a própria criatividade: “O exercício é se apropriar daquilo que já tem e criar um ar de novidade com um complemento”. Na paleta de cores, o branco deverá continuar sendo a primeira opção. Ainda mais neste ano que marcou a ampliação da cobertura vacinal e as esperanças foram renovadas. “A cor branca significa paz, pureza e limpeza. É também chamada de ‘cor da luz’ porque reflete todas as cores do espectro”, explica.

 

Além do branco, as cores amarela e vermelha continua tendências, a primeira para atrair dinheiro e a segunda, amor. Os tons terrosos, alaranjados e quentes também vão ganhar espaço.  “São cores que representam a reconexão com a terra e com as raízes da humanidade e, junto com símbolos religiosos, vão compor as combinações favoritas dos looks da virada”, avalia.

 

Nos tecidos deverá prevalecer a tendência dos materiais rústicos como linho, cordas, fibras naturais, palha e também dos sustentáveis, feitos de materiais como algodão orgânico, cânhamo, modal, seda de soja e seda de laranja.

 

Por Universidade Veiga de Almeida

Voltar para artigos

Notícias

Featured image

26/07/2022

UVA oferece cursos rápidos de extensão online e gratuitos

Ver notícia completa
Featured image

22/07/2022

Projeto estimula a saúde oral de crianças com câncer

Ver notícia completa
Featured image

19/07/2022

Práticas sustentáveis na gastronomia

Ver notícia completa
Featured image

15/07/2022

UVA e Escola Superior de Advocacia firmam parceria

Ver notícia completa
 Ver todas as notícias

cursos que
podem interessar