Você está aqui

Notícia

< Voltar

Notícia < Voltar

Campus: 
Tijuca
Barra
Cabo Frio

Grupo de pesquisa participa do PLANACAP

Juliana Machado, estagiária da Comunicação Institucional   |    Tijuca Barra Cabo Frio

Conferência teve como objetivo analisar os avanços e ajustes necessários ao plano de preservação de aves marinhas

 

O Projeto Albatroz, que tem com uma das sedes o campus Cabo Frio da Universidade Veiga de Almeida (UVA), foi convidado a participar da reunião do terceiro ciclo do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Albatrozes e Petréis (PLANACAP). Com prazo de vigência até maio de 2023, o principal objetivo do programa é reduzir a mortalidade de espécies de aves marinhas que, por serem adaptadas à vida em alto mar, sofrem com a captura acidental pela pesca de espinhel.

 

A reunião virtual contou com a participação de pesquisadores, especialistas e gestores de instituições públicas que são articuladores de ações do PLANACAP. Na conferência, foram apresentados resultados técnico-científicos da base de Cabo Frio do Projeto Albatroz, além de discussões sobre os esforços do último ano na mitigação da captura incidental das aves e os importantes progressos das iniciativas do programa que envolvem o monitoramento da saúde destas populações marinhas e a sensibilização da sociedade para o tema.

 

O professor Eduardo Pimenta destacou a participação da UVA na reunião: “O boletim apresentado é resultado de um esforço em pesquisa e extensão com a participação dos corpos docente e discente da universidade, desde a implantação da base do Projeto Albatroz no Estado do Rio de Janeiro, que funciona no campus Cabo Frio. Os resultados inéditos vão aconselhar o PLANACAP sobre novas medidas de proteção para essas aves que são capturadas incidentalmente junto a pesca de atuns no Oceano Atlântico”.

20/out/2020

Tema:
UVA,