Conheça os tipos de graduação e veja como escolher a certa!

Por UVA, Agosto 14, 2020

Entrar na faculdade é um marco na vida de quem deseja construir uma carreira promissora, pois o ensino superior é um grande diferencial na hora de ingressar no mercado de trabalho. Por isso, é importante escolher um curso que você realmente goste, optar por uma instituição de ensino de qualidade e entender os tipos de graduação existentes.
 
Talvez você não saiba, mas o tipo de formação escolhido vai refletir nas disciplinas que serão aprendidas ao longo dos anos na universidade e pode também interferir na sua atuação profissional futuramente.
 
Pensando nisso, neste post, vamos contar tudo o que é preciso saber sobre os tipos de graduação que existem no Brasil. Continue lendo e descubra qual é o melhor para você!
 
 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE GRADUAÇÃO?

Na hora de se inscrever em um vestibular, você provavelmente vai se deparar com os nomes tecnólogo, bacharelado ou licenciatura ao lado da graduação que deseja fazer. Esses termos se referem justamente à forma como um curso é estruturado e qual título o estudante terá ao se formar. Em alguns casos, uma mesma profissão pode ser cursada de maneira diferente, a exemplo das graduações ligadas às disciplinas ensinadas na escola.
 
Para você entender melhor o que significada cada uma dessas opções, nós separamos as principais diferenças entre elas, além das características que têm em comum. Confira logo abaixo!
 

BACHARELADO

A formação de bacharel faz parte do grupo chamado de graduação tradicional, do qual fazem parte muitos dos cursos superiores oferecidos hoje em dia. Geralmente, a matriz curricular une teoria e prática, ao longo de um período médio de quatro a seis anos para a obtenção do diploma.
 
Dessa maneira, as disciplinas oferecem uma base abrangente, permitindo o ingresso no mercado de trabalho em diversos ramos de atuação dentro da área escolhida.
 

LICENCIATURA

Assim como no caso do bacharelado, um curso de licenciatura é uma graduação tradicional e tem duração média de quatro anos para a formação. Ela é bastante ampla, mas o grande diferencial está em algumas disciplinas específicas da matriz curricular: geralmente, há a presença de matérias que envolvem a didática, habilidade importantíssima para quem pensa em se tornar professor.
 
Isso ocorre porque uma pessoa licenciada em determinada profissão é aquela que está apta a trabalhar no setor da educação, podendo dar aulas em escolas da rede pública ou privada e em diversos níveis de ensino.
 
Por esse motivo, nem todos os cursos que são oferecidos como bacharelado também são disponíveis para quem pensa em se licenciar. Alguns exemplos de cursos nessa área são as formações em Letras, Pedagogia, Geografia e História.
 

TECNÓLOGO

Os cursos tecnólogos fazem parte de um tipo de graduação recente, com foco em atender às necessidades específicas de alguma área de atuação. Por isso, a formação é mais curta que os bacharelados e licenciaturas, durando entre dois e três anos para conquistar o tão sonhado diploma do ensino superior.
 
A matriz curricular para quem opta por uma graduação tecnológica costuma focar nas atividades práticas e tem uma carga horária muito menor de disciplinas teóricas, ou seja, é a opção ideal se você está em busca de uma formação mais rápida.
 
E, ao contrário do que alguns estudantes pensam, o diploma de tecnólogo tem a mesma validade do diploma de bacharel ou licenciado. Portanto, também é possível atuar em empresas privadas, trabalhar em qualquer lugar do país e, até mesmo, prestar concursos públicos.
 
 
 
 

COMO ESCOLHER O TIPO CERTO DE GRADUAÇÃO?

Agora que você já sabe quais são os tipos de graduação existentes, chegou a hora de descobrir qual é o melhor para a sua vida. A fim de tomar a decisão certa, é imprescindível conhecer a si mesmo: saber onde deseja trabalhar, o que pretende fazer futuramente, entre outros aspectos importantes para o seu sucesso profissional.
 
Veja a seguir alguns fatores que devem ser levados em consideração no momento de escolher o seu curso de graduação.
 

DEFINA SEUS OBJETIVOS

Estabelecer suas metas profissionais é o primeiro passo para decidir qual dos tipos de graduação é o mais indicado ao seu caso. Se você sonha, por exemplo, em trabalhar em um segmento que exige forte embasamento prático e que recebe influências das diversas formas de tecnologias atuais, um curso tecnólogo é uma escolha certeira.
 
Por outro lado, se você pretende trabalhar em ambiente escolar, lecionando matérias para estudantes do ensino fundamental e médio, vale a pena investir em uma licenciatura. Gosta de uma profissão tradicional, como Direito e Psicologia, e quer conhecer diversos campos de trabalho dentro da carreira? Nesse caso, o bacharelado será a opção ideal.
 

SAIBA O TIPO DE PROFISSÃO QUE DESEJA SEGUIR

Sabemos que nem todas as profissões estão disponíveis em todas essas versões. Alguns cursos como o de Ciências Biológicas têm a possibilidade de serem cursados no tipo licenciatura ou bacharelado. No entanto, outras estão disponíveis somente como bacharelado — cursos da área da saúde e as engenharias, por exemplo.
 
Há ainda as opções que só existem no modelo de graduação tecnológica, como ocorre com o curso de Estética e Cosmética. Sendo assim, pense bem no que você deseja se formar, pois será mais fácil escolher o tipo de graduação.
 

ANALISE SUAS PREFERÊNCIAS

O salário pretendido após se formar e, até mesmo, o ambiente de trabalho dos seus sonhos são aspectos que interferem nessa escolha. Isso porque cada profissão tem uma rotina de trabalho diferente, variadas possibilidades de retorno financeiro e formas de atuação diferentes. Portanto, pense nisso também antes de decidir o que pretende cursar e qual será o tipo de graduação.
 
Quer uma dica? Pesquise sobre as universidades de seu interesse e entenda qual delas está de acordo com o que você busca para seu futuro. Além disso, independentemente do tipo de graduação escolhida, estudar em uma instituição de qualidade, com boa infraestrutura, excelente corpo docente e reconhecimento pelo MEC será indispensável para ter sucesso!
 
 
Gostou de descobrir as diferenças e semelhanças entre os tipos de graduação? Então, compartilhe este artigo em suas redes sociais agora mesmo e ajude seus amigos a escolherem o curso de nível superior.

Publicado em: Blog da UVA

Palavra-chave

Você também pose se interessar por

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com os nossos TERMOS DE USO E POLITICAS DE DADOS. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.