Carreira profissional: tudo o que você deve saber sobre o assunto

Por UVA, Março 10, 2020

Iniciar a carreira profissional é um desafio para muitos estudantes, afinal, é comum que surjam dúvidas sobre o melhor caminho a ser seguido, como se destacar na hora de ingressar no mercado de trabalho, entre tantas outras questões que envolvem esse momento.

No entanto, alcançar o sucesso não precisa ser tão difícil quanto parece! A verdade é que existem passos simples que podem facilitar essa jornada e, neste post, vamos te contar quais são eles. Continue lendo e confira tudo!
 

POR QUE SE PREOCUPAR COM A CARREIRA PROFISSIONAL

Talvez você pense que ainda é muito cedo para se preocupar com a sua trajetória profissional, já que, antes de começar a trabalhar com o que sempre quis, existem várias etapas: é preciso escolher um curso de graduação, estudar para o vestibular, fazer a prova, conquistar a aprovação, entrar na faculdade e, somente depois de alguns anos de estudos, dar o pontapé inicial no mundo corporativo. 
 
Porém, o que talvez você ainda não saiba é que quanto antes começar o planejamento, maiores serão as chances de êxito em um futuro próximo. Pode acreditar: se você deixar para se preocupar com a carreira apenas no fim do ensino superior, é bem possível que deixe essa tarefa em último lugar na sua lista de prioridades, pois será a época de lidar com a elaboração do seu Trabalho de Conclusão de Curso e a organização da formatura.
 
Dessa forma, vale a pena começar a traçar seu futuro a partir de agora. Assim, você vai ter mais clareza na hora de tomar as decisões que se relacionam com o que pretende conquistar, sem o risco de não conseguir realizar suas metas profissionais e acadêmicas por falta de preparação.
 
 

QUAL A LÓGICA DO MERCADO PROFISSIONAL

Antes de começar a se planejar, é fundamental que você saiba como está o campo de atuação para quem está iniciando nesse mundo. Ao longo dos anos, a tecnologia provocou mudanças no modo de trabalho em diversas áreas e, inclusive, no perfil de colaboradores que as empresas buscam. Por esse motivo, entender essas transformações é indispensável na hora de trilhar seus próximos passos.
 
Nesse aspecto, vale a pena saber que o ensino superior é cada vez mais importante para ter uma boa colocação. Prova disso é que, no Brasil, a taxa de desemprego é maior entre as pessoas que não possuem graduação. Essa parte da população também é a mesma que, geralmente, consegue salários menores na hora da contratação, já que os cargos disponíveis para quem concluiu apenas o ensino médio normalmente exigem a supervisão de um profissional graduado. Então, se você pensa em um futuro com o emprego dos sonhos e remuneração compatível com seus maiores objetivos, investir na faculdade é um grande passo.
 
Além disso, habilidades desenvolvidas fora da sala de aula contam pontos na hora de competir por uma vaga: a criatividade, a coletividade e a inteligência emocional são algumas delas! E, não se esqueça, é preciso ter experiência prática para conquistar o seu espaço em boa parte das profissões. Sendo assim, não abra mão do estágio durante a sua formação.
 
 

COMO PLANEJAR A CARREIRA PROFISSIONAL

Agora que você já sabe como está o mercado de trabalho nos últimos anos, é hora de começar a fazer o seu planejamento de carreira. É ele que vai te dar o direcionamento necessário para cada um dos seus passos, como a escolha da instituição de ensino onde vai estudar, do curso que deseja fazer e até mesmo para quais empresas enviar seu currículo ao se formar na faculdade. 
 
Para começar, é essencial que você tenha em mente quais profissões gostaria de seguir. Nesse momento, nada de se basear em decisões de amigos ou pessoas próximas, combinado? Ainda que existam algumas atividades que são mais bem pagas do que outras, é preciso considerar fatores como a sua habilidade e afinidade com a área, afinal, é uma decisão que vai impactar os próximos anos da sua vida.
 
Com a graduação escolhida, é preciso buscar a universidade certa. Em alguns casos, definir o lugar pode ser uma tarefa até mais demorada do que decidir o seu ofício, mas não se preocupe, pois já vamos revelar o que você precisa analisar na hora de fazer a melhor decisão.
 
Depois disso, especifique o que você pretende alcançar ao longo da sua trajetória. Sua meta é ter um trabalho mais flexível? Você pensa em prosseguir com os estudos, fazendo uma pós-graduação ou especialização após se formar? Em qual ambiente gostaria de trabalhar? Pode parecer bobagem fazer todos esses questionamentos a si mesmo, mas é exatamente isso que vai permitir que você saiba qual caminho seguir quando já estiver com seu diploma em mãos.
 
 
 
 

COMO ESCOLHER O CURSO MAIS ADEQUADO

Entre milhares de opções, selecionar apenas uma para preencher na hora do vestibular (e, principalmente, para ser a sua futura ocupação) não é uma tarefa fácil. Mas, se você pensa que precisa ser um bicho de sete cabeças, saiba que se enganou! Justamente para te ajudar a decidir o que vai estudar na faculdade, separamos alguns passos que você pode seguir para fazer uma escolha certeira. Vamos lá!
 
 

LISTE AS SUAS HABILIDADES E QUAIS PROFISSÕES TÊM A VER COM ELAS

Listar o que você sabe e gosta de fazer pode ser uma boa maneira de delimitar as alternativas disponíveis. É claro que você não precisa entrar na universidade sabendo tudo sobre o curso elegido, até mesmo porque a função da faculdade é fazer com que você aprenda o que é necessário para sua atuação. Porém, as suas habilidades ao longo da vida escolar dizem muito sobre as melhores opções de graduação para você.
 
Pare e pense: se você sempre levou jeito para fazer cálculos, gostava das aulas de matemática e acha interessante a ideia de trabalhar com números, faz sentido entrar na faculdade de Engenharia Civil, não é mesmo? Por outro lado, uma pessoa que não perdia sequer uma lição de biologia, gosta de entender os processos que fazem parte do corpo humano e que pensa em trabalhar em contato com pessoas certamente se sairia bem ao fazer uma das graduações do campo da saúde.
 
 

PESQUISE SOBRE OS CURSOS DO SEU INTERESSE

Após listar as carreiras que chamam a sua atenção, o melhor que você pode fazer é descobrir um pouco mais sobre cada uma delas. Sendo assim, pesquise sobre as que te interessam para saber qual delas é mais a sua cara.
 
É essencial buscar desde informações básicas, como o tempo de graduação, até aspectos mais específicos, que podem envolver desde as principais disciplinas até o campo de atuação para quem se forma na área.
 
 

SAIBA O QUE VOCÊ NÃO GOSTA DE FAZER

Algumas pessoas, quando listam todas as profissões que têm em mente, ficam com a impressão de que a tarefa de escolher um curso superior se torna ainda mais difícil. Entretanto, uma atividade muito simples pode auxiliar nesse momento: saber exatamente aquilo que você não gosta de fazer.
 
É bem provável que exista uma matéria com a qual você nunca teve afinidade na escola e que esteja presente em disciplinas de algumas das graduações. Também pode ser que o campo de trabalho de uma atividade não seja o tipo de lugar onde você gostaria de passar horas dos seus dias. Ao fazer essas reflexões será muito mais prático filtrar o que deseja exercer no futuro e o que é inegociável para você.
 
 

COMO SE DESTACAR ENTRE OS CANDIDATOS

Alguns campos de conhecimento são muito buscados pelos estudantes, como Direito e Administração, o que gera uma grande competitividade na hora de começar a carreira. Entretanto, não pense que você não vai conseguir uma boa colocação devido à concorrência. Existe espaço para novos profissionais, mas essas vagas são preenchidas por quem apresenta um diferencial. Se você não sabe como fazer isso, tudo bem, porque estamos aqui para te ajudar nisso.
 
Um dos pré-requisitos para se destacar entre milhões é estudar em uma universidade conceituada, que tenha tradição e um ensino que é referência. Cá entre nós: é muito mais vantajoso contratar alguém que possui mais conhecimento e domínio da área em que se formou do que uma pessoa que teve uma formação muito superficial, concorda? 
 
Também é primordial que você tenha vivência prática das atividades que vai realizar quando entrar no mundo do trabalho. Portanto, é essencial que, além de fazer os estágios obrigatórios do curso, você participe de aulas práticas nos laboratórios da faculdade, onde terá contato com equipamentos, ferramentas e situações que vão te preparar melhor para ser uma pessoa de sucesso no seu ramo.
 
 

POR QUE A ESCOLHA DA UNIVERSIDADE FAZ DIFERENÇA 

Ainda que você não tenha em mente uma universidade específica na qual deseja estar, decidir onde estudar é uma tarefa tão importante quanto apontar a profissão em que quer se formar. Isso acontece porque diversos fatores que envolvem a instituição de ensino podem interferir na qualidade da sua formação: um deles é a estrutura do campus, que precisa ser adequada para os cursos oferecidos.
 
Isso acontece porque, se você tiver uma base teórica muito boa, mas não tiver um espaço físico para colocar os conhecimentos em prática, certamente vai encontrar dificuldades na hora de realizar as atividades quando começar a trabalhar.
 
A matriz curricular também é um ponto que deve ser levado em consideração, já que é exatamente a partir dela que será formada a sua bagagem de conhecimentos na sua área, o que é indispensável para conseguir ter um bom crescimento na sua carreira.
 
Além disso, vale ressaltar que algumas universidades, por terem características que refletem na construção de bons profissionais, já são as favoritas de muitas empresas. Então, vale a pena analisar bem antes de escolher onde vai cursar seu ensino superior e estar atento para tomar a melhor decisão!
 
 

O QUE A UNIVERSIDADE DEVE OFERECER

Se o local em que você vai aprender é algo que impacta tanto no seu caminho, nada melhor do que saber quais são os principais pré-requisitos para que uma instituição de ensino superior seja de alta qualidade para você, certo? Pensando nisso, trouxemos as principais características que fazem uma universidade ser considerada a ideal para que você tenha uma experiência excelente. Veja só!
 
 

INFRAESTRUTURA MODERNA E ADEQUADA AOS CURSOS OFERECIDOS

Como você já sabe, a infraestrutura do local onde vai estudar é algo que importa (e muito!) na sua escolha. No entanto, pode ser que não saiba o que exatamente faz parte da estrutura, concorda? Então, seus problemas acabaram, pois nós estamos aqui para revelar de uma vez por todas.
 
A infraestrutura do campus envolve todo o espaço físico onde os estudantes vão passar os próximos anos aprendendo sobre suas profissões. Isto é: se você vai fazer um curso de saúde, o ideal é que a universidade tenha laboratórios completos para as aulas práticas, com os equipamentos necessários para o aprendizado mais efetivo possível, bancadas, utensílios de uso comum etc. 
 
Também é importante que haja uma biblioteca, afinal, a faculdade é um período em que a leitura se torna um hábito ainda mais fundamental e, geralmente, há títulos indispensáveis para algumas graduações. As salas comuns, apesar de serem muito menos específicas do que os laboratórios, precisam ter os recursos necessários, como boa iluminação e suporte para que os alunos façam suas anotações.
 
 

CORPO DOCENTE

Os professores são fundamentais para a formação em qualquer ramo do conhecimento, afinal, são pessoas que já leram e analisaram a fundo os conceitos, teorias e atividades que fazem parte daquele saber. Se eles forem especializados na área em que atuam e tiverem boa experiência profissional, melhor ainda, pois isso vai permitir que você tenha aulas ainda mais completas e se torne capacitado para trabalhar em diversos setores.
 
Então, pegue essa dica: opte por uma instituição que tenha uma equipe composta por professores com títulos acadêmicos de mestrado ou doutorado, e que passaram por boas empresas ao longo de suas jornadas.
 
 

MATRIZ CURRICULAR ATUALIZADA

O conteúdo que você vai ter acesso ao longo dos semestres de faculdade precisa estar de acordo com o que faz parte do dia a dia profissional. Você não quer terminar a faculdade e, ao conseguir seu primeiro emprego, perceber que não aprendeu tudo que era necessário para realizar todas as atribuições do seu cargo, concorda? Pensando nisso, pesquise sobre a profissão que deseja seguir para que você consiga descobrir as demandas para essa área.
 
Em seguida, procure conhecer a matriz curricular das universidades do seu interesse e certifique-se de que o conteúdo é adequado ao que pode ser exigido pelas empresas. Vale lembrar que as melhores instituições costumam disponibilizar sem seus sites a lista de disciplinas que são ofertadas ao longo do curso. No caso da UVA, que apresenta uma matriz completa, atualizada e que atende às necessidades do mercado, você consegue consultar até a carga horária de cada matéria.
 
 

RECONHECIMENTO PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Se existe algo obrigatório na universidade para que você consiga ter seu diploma em mãos ao se formar, sem dúvidas é o reconhecimento do Ministério da Educação. Ser reconhecida pelo MEC significa que a instituição de ensino passou pelas avaliações em relação à estrutura, nota obtida pelos alunos que participaram do ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), formação dos professores e demais aspectos que são levados em consideração na hora de reconhecer a faculdade e o curso.
 
Além de ser reconhecida, é ideal que ela tenha uma boa nota no MEC, que avalia o ensino superior em uma escala de 1 a 5 e serve para mensurar quais instituições oferecem uma educação de melhor qualidade. Quer uma boa notícia? A Universidade Veiga de Almeida (UVA) conseguiu nota máxima no Conceito Institucional, o que significa que é uma das melhores do país.
 
 

TRADIÇÃO

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma universidade pode ser moderna e tradicional ao mesmo tempo. A modernização do campus e das graduações é importante para acompanhar o desenvolvimento tecnológico dos últimos anos, o que reflete em laboratórios melhores, computadores mais rápidos e adaptações na matriz curricular.
 
Já uma instituição tradicional é aquela que tem um bom histórico, alunos que conseguiram boas colocações e que é bem-vista pelas empresas. Ou seja: quando consegue manter o tradicionalismo sem deixar de se atualizar, a universidade se torna o lugar certo para você iniciar sua carreira profissional.
 
 

COMO SE PREPARAR

Curso e local definidos… é hora de começar a se preparar para decolar! Não pense que essa tarefa pode ser adiada, pois os anos passam mais rápido do que você imagina e, acredite, cada dia na faculdade é um passo em direção ao futuro dos seus sonhos. Portanto, aproveite todas as oportunidades que surgirem ao longo dessa trajetória.
 
Uma das primeiras coisas as quais você pode se dedicar desde o início é fazer atividades extracurriculares, visto que elas exigem menos tempo disponível do que um estágio, mas já podem te ajudar a entender quais são suas maiores habilidades e qual segmento na sua profissão é o mais indicado para você. Ah, sem contar que você pode incluí-las também em seu currículo.
 
Quando já estiver adaptado à vida universitária, procure um estágio para já começar a adquirir experiência e, principalmente, para entender de perto como está o mercado de trabalho. Ainda que você não conquiste um estágio remunerado nesse primeiro momento, o fato de poder conviver com pessoas já formadas na área já é um grande ganho, pois permite que você façanetworking e aprenda algumas tarefas no cotidiano do trabalho.
 
Sempre tenha em mente o que você pretende conquistar quando formado e quais atitudes estão alinhadas a esse objetivo. Assim, vai ser mais fácil manter o foco na hora de estudar para as provas e conquistar um bom desempenho acadêmico.
 
 

COMO TER SUCESSO NO MERCADO DE TRABALHO

Mesmo que o conceito de sucesso varie de uma pessoa para outra, existem algumas coisas que quase todo ser humano pretende conquistar. Cá entre nós: quem não deseja ser bem remunerado no ramo que decidiu seguir? A verdade é que conquistar uma boa oportunidade, crescer como profissional e ganhar bem por isso são alguns desejos comuns e, felizmente, existem formas de alcançá-los.
Como você já viu, a universidade escolhida impacta bastante no êxito ao longo da sua carreira, mas não é a única coisa que importa. Também é relevante se manter constantemente atualizado e, para isso, a especialização e a pós-graduação são boas alternativas. Além de garantirem mais conhecimento, essas formações complementares também trazem vantagens salariais em muitas empresas privadas e públicas.
 
E sabe aquele medo de inovar? Não vale a pena mantê-lo por perto. Ao longo da faculdade, não tenha receio de fazer estágio em mais de um lugar ou de entrar em projetos acadêmicos. Nós já contamos isso, mas não custa reforçar que a sua vida como estudante é o que vai te guiar para um caminho de excelência.
 
 

QUAIS ERROS PODEM ATRAPALHAR A CARREIRA PROFISSIONAL

Até o universitário mais preparado pode cometer alguns deslizes no início na trajetória profissional. Entretanto, você não precisa cometer erros para aprender com eles. Foi pensando nisso que separamos 3 para que você não corra o risco de tropeçar durante sua caminhada rumo ao sucesso!
 

1. NÃO INVESTIR EM UMA BOA FORMAÇÃO

Seja por falta de condições financeiras, seja simplesmente porque desconhecem a relevância de uma universidade de qualidade: muitas pessoas ainda não investem em uma boa formação. Com isso, sofrem com a falta de oportunidades no mercado de trabalho convencional e a ausência de conhecimento em um campo específico para que possam empreender com desenvoltura.
 

2. IGNORAR A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO

Há um bom motivo para que o estágio seja uma atividade obrigatória em diversos cursos: sem ele, muitos estudantes não teriam acesso à vivência prática na profissão e não estariam preparados. Por isso, não espere o último ano de graduação para estagiar! Comece a conhecer sua futura área de atuação quanto antes e chegue à formatura dominando o que é preciso para ser um excelente profissional.
 

3. PENSAR QUE A GRADUAÇÃO SE RESUME À SALA DE AULA

As atividades extracurriculares, práticas e saídas de campo são tão importantes quanto o conhecimento teórico adquirido durante as aulas teóricas. Por isso, não menospreze essas tarefas, pois elas são fundamentais para uma formação de qualidade.
 
Agora que você já sabe tudo que precisa para começar a trilhar uma boa carreira profissional, não perca tempo! Você viu o quanto isso é relevante para ter muito sucesso nessa jornada, não é mesmo? Então, comece agora mesmo a traçar tudo que é necessário para que você alcance seus objetivos e tenha reconhecimento no seu ramo.
 
E se você quiser fazer isso de um jeito ainda mais eficaz, vale a pena conhecer um pouco mais sobre as novas áreas de atuação e o futuro do mercado de trabalho. Por isso, baixe gratuitamente o e-book Passando de Fase!

Publicado em: Blog da UVA

Palavra-chave

Você também pose se interessar por

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com os nossos TERMOS DE USO E POLITICAS DE DADOS. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.