Você está aqui

Notícia

< Voltar

Notícia < Voltar

Campus: 
Tijuca
Barra
Cabo Frio

App ajuda a dar visibilidade para pequenos negócios

Universidade Veiga de Almeida   |    Tijuca Barra Cabo Frio

Aplicativo criado por alunos da Universidade Veiga de Almeida conecta quem quer alimentação de qualidade com os microempreendedores de Cabo Frio que oferecem pratos à preços justos

 

Alunos de Publicidade e Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida (UVA) desenvolveram o aplicativo Prato Justo que tem como objetivo dar visibilidade aos pequenos empreendedores de Cabo Frio que estão fora das grandes plataformas de delivery.  Segundo o professor da disciplina Laboratório de Criação, Weslley Aldino, responsável pela mentoria do projeto, os estudantes diagnosticaram que é caro para a população local se alimentar na Região Lagos, por ser uma área predominantemente turística.

 

Os alunos também identificaram que vários pequenos negócios que oferecem comida de qualidade à preço justo aderiram ao delivery como forma de manter o negócio em tempos de isolamento social, mas não tinham como se comunicar com os possíveis clientes. “Uma grande parte do contingente de trabalhadores passou a comer em casa, ao fazer trabalho remoto em função da pandemia do novo coronavírus, mas não conheciam os fornecedores do entorno. O Prato Justo une as duas pontas”, explica Aldino.

 

Os estudantes abordaram primeiro os estabelecimentos dos seus bairros que já conheciam e também disponibilizaram um formulário para quem quisesse integrar o projeto. Em seguida, entraram em contato com cada comerciante por telefone para checar os dados, solicitar o cardápio e elaborar o layout do aplicativo. Os empreendedores que não têm recursos para investir em publicidade viram no aplicativo uma excelente oportunidade de divulgação. O Prato Justo foi lançado com 24 estabelecimentos, mas o objetivo é ampliar cada vez mais a rede de empreendedores locais. “A premissa para entrar é ter um custo-benefício adequado e ser microempreendedor, como padarias, restaurantes e confeitarias caseiras que estão fora do radar dos grandes aplicativos”, destaca professor.

 

Não há nenhum custo para os cadastrados e os usuários baixam o app gratuitamente. O consumidor tem a opção de entrar em contato direto com o fornecedor por whatsapp sem que seja necessária a intermediação entre as partes. “Essa é a maior diferença em relação aos aplicativos de mercado, que cobram taxas tanto dos entregadores quanto dos estabelecimentos pela administração da plataforma de conexão”, garante Aldino. O app Prato Justo está disponível na playstore do Google para Android.

 

07/jul/2020

Tema:
Graduação,